Salummi & Formaggi

O Eataly se divide em vários setores. Tudo o que você consome em nossos restaurantes pode ser adquirido em nosso mercado para que a receita seja feita em casa. Além disso, sempre utilizamos ingredientes selecionados e técnicas que trazem um grande diferencial para os produtos.

 

Dentre estes setores está o Salummi & Formaggi (Queijos e Embutidos) ao lado da padaria, no piso térreo. Lá você encontrará cerca de 100 queijos (sim, cem tipos diferentes!), disponíveis para venda em peça inteira, fatias ou pedaços, divididos em queijos italianos e de outras nacionalidades como franceses, espanhóis, holandeses, portugueses e brasileiros.

 

No Eataly valorizamos histórias. Por isso, cada item vendido em nossa loja é marcado por uma grande história que o torna ainda mais especial.

 

Confira abaixo algumas dessas histórias protagonizadas pelos nossos produtores e produtos icônicos.

VITALATTE

 

Desde o final de 2019 nossa mozzarella é produzida pela Vitalatte. No laboratório de mozzarella no térreo é possível ver diariamente toda a produção de queijos frescos como: burrata, nodini, ricotta, entre outros. Temos mestres queijeiros que fazem esses preparos algumas vezes por dia, sempre utilizando a verdadeira e tradicional receita italiana de mozzarella.

 

O leite utilizado é de vacas criadas livres, que se alimentam de pasto, influenciando diretamente na qualidade desse ingrediente.

 

Para chegar na receita perfeita utilizada hoje, os fundadores da Vitalatte viajaram por diversas regiões da Itália pesquisando toda a produção da mozzarella e aprendendo sobre os ingredientes e as melhores práticas necessárias para cumprir o objetivo de produzir o melhor queijo fresco do Brasil.

 

Além do laboratório, os produtos da Vitalatte também podem ser encontrados em diversos pratos de nossos restaurantes, como burratas de entrada, salada caprese e pizzas, por exemplo.

BURRATA

 

A burrata é um dos produtos mais queridos do Eataly, tanto no mercado quanto nos restaurantes. Ela é uma mozzarella grande recheada de creme de leite e filetes de mozzarella, perfeita para comer de várias maneiras – principalmente com torradas, prosciutto, na salada, na pizza, etc.  

GRANA PADANO

 

Grana Padano é o pai italiano do que conhecemos no Brasil como queijo parmesão, mas, para ser um verdadeiro Grana Padano, ele precisa seguir diversas regras de produção, já que é um produto DOP (Denominação de Origem Protegida – um “selo de qualidade” para muitos produtos italianos, que indica que os mesmos seguiram todas as regras de produção segundo a lei).

 

A receita desse queijo contempla muitas décadas e atualmente ele só pode ser produzido na Planície Padana, ao norte da Itália (a região inclui o Piemonte, Lombardia, Veneto e em parte Trentino-Alto Adige e Emília-Romanha).

 

O leite utilizado é fresco, ele cozinha em tachos específicos por horas até começar a talhar, é retirado para que todo o soro escorra e depois é colocado em formas redondas por alguns dias. Após esse processo, o queijo é armazenado em locais com temperatura e umidade reguladas, onde fica em maturação de 9 meses a 2 anos.

 

Para certificar que o queijo atende todas as características necessárias, um especialista verifica sua qualidade com um martelo e agulha para sentir o cheiro, sabor e textura da peça. Ao passar no teste de qualidade, o queijo recebe o selo de Grana Padano DOP.

 

O Grana Padano é um queijo de sabor bem acentuado e com uma textura granulada. Ele é perfeito para o preparo de risottos, finalização de massas e pizzas, além de ser um excelente aperitivo.

PARMIGIANO REGGIANO

 

Ele é conhecido como o Rei dos Queijos italianos e possui muitas semelhanças com o Grana Padano. Como é maturado por mais tempo, seu sabor fica mais suave e sua textura mais granulada.

 

Muitas vezes encontramos diversos tipos mais simples de queijo parmesão, mas o autêntico chamamos de Parmigiano Reggiano, que também possui denominação de origem protegida (DOP). Esse é produzido apenas nas regiões de Parma, Reggio Emília, Modena, Bolonha e Mântua, na Itália.

 

Em uma receita que leva apenas soro de leite de vaca, coalhada e sal, o queijo leva pelo menos 12 meses de cura em ambientes controlados, deixando seu sabor mais intenso e textura dura e arenosa. Antes da venda cada peça (que tem o peso médio de 40kg) é avaliada por um especialista e autenticada como o verdadeiro Parmigiano Reggiano.

 

Para saborear, você pode utilizar o queijo em massas, risottos e vinhos encorpados como Chianti e Barolo.

PECORINO ROMANO

 

Pecorino Romano também é um tradicional queijo italiano com receitas de muitas décadas e com Denominação de Origem Protegida (DOP). Por sua vez, é feito com leite de ovelhas criadas na região italiana de Lazio, apesar da produção do queijo ser em Nepi, próximo a cidade de Roma.

 

Tem sabor forte e notas levemente adocicadas por conta de seu longo período de maturação, que varia de 8 a 12 meses. Durante esse tempo a peça de queijo é salgada diversas vezes para que fique com seu sabor característico.

 

O queijo é conhecido como o ingrediente principal do Cacio & Pepe, uma massa com Pecorino Romano e pimenta-do-reino, mas também é utilizado em risottos, massas e aperitivos.

 

Curiosidade: ele pode ser consumido por intolerantes à lactose.

O Eataly quer quebrar o paradigma de que comida de qualidade é para poucos. Comer e comprar produtos ricos em sabor e história deve ser um direito de todos.

 

Além do Salummi & Formaggi, conheça também outros setores com produtos icônicos e histórias surpreendentes por trás de cada um deles. Nosso mercado abre de segunda a domingo das 10h às 22h. Ti aspettiamo.